Home > Concessionárias de ônibus de SP receberam 6.909 multas em 2017

Concessionárias de ônibus de SP receberam 6.909 multas em 2017


terça-feira, 06 junho 2017

A Prefeitura de São Paulo emitiu 6.909 multas às concessionárias de ônibus, segundo dados levantados pelo SP1 via Lei de Acesso à Informação. O principal motivo das punições é o descumprimento de número de partidas por horário. Foram mais de 2.600 multas. Ao todo, por causa das infrações, a Prefeitura deixou de repassar para as empresas autuadas mais de R$ 6,7 milhões em subsídios.

Segundo as informações obtidas pela Lei de Acesso à Informação, o total de multas aplicadas pela SPTrans às operadoras das linhas, no período de janeiro a 8 de maio, diminuiu quando comparado os anos de 2015, 2016 e 2017. Em 2015, foram 18.807 multas aplicadas neste período, já em 2016 o número caiu para 7.690 e neste ano foi totalizado em 6.909.

A segunda maior causa de multas, com mais de 2.300, é o descumprimento das viagens programadas por faixa de horário. Neste caso, os ônibus partem, mas não chegam ao ponto final.

Com mais de mil multas, o descumprimento do tempo dos intervalos ocupa a terceira posição no ranking.

 
Multas de ônibus em São Paulo (Foto: TV Globo/Reprodução)

Multas de ônibus em São Paulo (Foto: TV Globo/Reprodução)

 

As concessionárias também foram penalizadas por não obedecerem o horário de partida de veículos adaptados para pessoas com deficiência e por descumprir a primeira ou a última partida.

 O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo disse que não é contra a aplicação de penalidades, desde que tenham o objetivo de instruir, orientar e educar. Afirmou ainda que o número de multas apontado está atrelado ao grande número de veículos em operação.
 
FONTE: G1
Compartilhe!